Chumbo Eletrolítico - Special High Grade (SHG)

Chumbo Eletrolítico 

cirius img chumbo

Comercializamos o Chumbo Eletrolítico com elevado grau de pureza. O teor mínimo de Pb contido é de 99,995%.

A composição típica do Chumbo Eletrolítico que comercializamos é Pb 99,997%.

 

Especificação Física:

  • Lingotes
  • Em média 25 lingotes formam um amarrado padrão

 

Especificação Química:

 

Elementos Análise Garantida
g/t (ppm)
Análise Típica
g/t (ppm)
Chumbo: Pb > 99.995% > 99.997%
Antimônio: Sb < 2 ppm < 1 ppm
Bismuto: Bi < 20 ppm < 12 ppm
Cobre: Cu < 2 ppm < 2 ppm
Prata: Ag < 3 ppm < 3 ppm
Tálio: TI < 2 ppm < 1 ppm
As+Sn+Fe+Zn   < 10 ppm < 4 ppm

Dimensão: 

  • Lingotes: 59,0 cm comprimento x 10,8 cm altura x 10,2 cm

Embalagem:

  • Amarrados (1.000 – 1.200 kgs) 

Principais Características: 

O chumbo é um metal pesado (densidade relativa de 11,4 a 16ºC), de coloração branco-azulada, tornando-se acinzentado quando exposto ao ar. Muito macio, altamente maleável, baixa condutividade elétrica e altamente resistente à corrosão. O chumbo se funde com facilidade (327,4ºC). O chumbo é um anfótero, já que forma sais de chumbo dos ácidos, assim como sais metálicos do ácido plúmbico. O chumbo forma muitos sais, óxidos e compostos organolépticos.

Aplicações: 

O mais amplo uso do chumbo é na fabricação de acumuladores. Outras aplicações importantes são na fabricação de forros para cabos, elemento de construção civil, pigmentos, soldas suaves e munições.

Têm-se desenvolvido vários compostos organoplúmbicos para aplicações como catalisadores na fabricação de espumas de poliuretano, como tóxico para as pinturas navais com a finalidade de inibir a incrustação nos cascos, agentes biocidas contra as bactérias granpositivas, proteção da madeira contra o ataque das brocas e fungos marinhos, preservadores para o algodão contra a decomposição e do mofo, agentes molusquicidas, agentes antihelmínticos, agentes redutores do desgaste nos lubrificantes e inibidores da corrosão do aço.

Graças a sua excelente resistência a corrosão, o chumbo encontra muitas aplicações na indústria de construção e, principalmente, na indústria química. É resistente ao ataque de muitos ácidos, porque forma seu próprio revestimento protetor de óxido. Como conseqüência desta característica, o chumbo é muito utilizado na fabricação e manejo do ácido sulfúrico.

Durante muito tempo se tem empregado o chumbo como manta protetora para os aparelhos de raio-X. Em virtude das aplicações cada vez mais intensas da energia atômica, torna-se cada vez mais importante as aplicações do chumbo como blindagem contra a radiação.

Sua utilização como forro para cabos de telefone e de televisão segue sendo uma forma de emprego adequada para o chumbo. A ductilidade única do chumbo o torna particularmente apropriado para esta aplicação, porque pode ser estirado para formar um revestimento contínuo em torno dos condutores internos.

O chumbo forma ligas com muitos metais e, em geral, é empregado nesta forma na maior parte de suas aplicações. Todas as ligas metálicas formadas com estanho, cobre, arsênio, antimônio, bismuto, cádmio e sódio apresentam importantes aplicações industriais (soldas, fusíveis, material de tipografia, material de antifricção, revestimentos de cabos elétricos, etc.).

Clientes que consomem este produto também usualmente consomem:

  • Antimônio
  • Bismuto